Um mundinho triste e solitário de um ser humano

Apesar de procurar viver sempre me policiando para não deixar de acreditar nas boas coisas e sempre pensar positivamente, existe aqueles momentos em que em que você sente se de mãos atadas em certos assuntos.  Muitas vezes nada que você conheça ajuda, pois depende de cada um, querer sair do abismo em que se coloca diante dos problemas.

Queremos ajudar, mas não sabemos como e talvez nem conseguiríamos chegar ao problema em questão. E ainda mais quando é pessoa tão próxima e apesar de amar e achar que conhecemos, muitas vezes, sofre, mas não deixa chegar até elas.

Por medo, insegurança, uma doença silenciosa, que isola a pessoa em seu mundo, não aceitando a ajuda, e nenhuma interferência em seu pequeno mundo triste. Se apegando em algo que não tenha que dar nada em troca e não lhe faça pergunta ou cobrança.

E é muito triste ver pessoas que amamos nesta situação, mas infelizmente, não é fácil dizer apenas que tem que sair disso, tem que:… É isso exatamente que todos dizem e é justamente isso que pessoas assim não querem ouvir.

Por isso simplesmente se isolam do mundo e passam a viver num mundo a parte, onde se sente seguro e ninguém poderá oferecer perigo, pois só a ideia de ter que sair deste lugar de conforto causa pânico.

A ajuda profissional é preciso, mas a pessoa tem que querer se submeter a algum tipo de tratamento, e então se espera que o resultado apareça logo, e é muito difícil, pois o tratamento e longo e depende de todos da família. Mas ainda assim acredito que vamos achar um caminho que traga um bom resultado.

Anúncios

8 opiniões sobre “Um mundinho triste e solitário de um ser humano”

  1. Eu estive nesta situação. É fácil para quem está de fora dizer que “tem que sair dessa” ou “tem que ser forte”, mas para quem está assim dá até raiva ouvir isso! Sempre fui calma mas quando vinham com esse papo eu virava um bicho selvagem pronto pra atacar.
    Minha mãe teve hipertiroidismo e depois depressão, ela fazia tratamento e falava sobre mim ao psiquiatra. quando chegava em casa dizia que o médico falava que eu estava errada e foi assim que começou meu quadro de depressão. Enquanto o médico estava tratando ela, estava me fechando no meu mundo.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s