Facil e difícil

Falar é fácil, quando se tem te, palavras que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente queremos dizer.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre ela.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.

Fácil é dizer “oi”, ou “como vai ?”. Difícil é dizer “adeus”.

Fácil é ouvir a música que toca. Difícil é ouvir a própria consciência.

Fácil é perguntar o que deseja saber. 

Difícil é estar preparado para escutar esta resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade. 
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou vice-versa.

Fácil é beijar. Difícil é entregar a alma!

Fácil é ditar regras. Difícil é seguí-las.

Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho.

Fácil é exibir sua vitória a todos. Difícil é assumir a sua derrota com dignidade.

Fácil é viver o presente.Difícil é se desvencilhar do passado.

Fácil é tropeçar em uma pedra. Difícil é levantar de uma queda, todo machucado.

Fácil é desfrutar a vida a cada dia. Difícil é dar o verdadeiro valor a ela.

Anúncios

4 opiniões sobre “Facil e difícil”

  1. Emilia  !! me  deculpe   achei  que  esse  espaco fosse  de  outra  pessoa!!mas  nao retiro  o que  disse  e  realmente  muito bonito parabens!!Um amigo  me  passou   o  seu e spaco  e  desde  entao  me  apaixonei  por  ele!!lindo!!adorei!

    Curtir

  2. Ola  I van vc  sumiu!! olha eu  adorei  seu  espaco ,e  realmente   apaixonante!!musicas  lindas   ,palavras  tao   bonitas,sempre  estou por aqui  ouvindo e  assistindo  seus  clipes!!gostei  muito!!!bjcs!

    Curtir

  3. Oi Emilia,a muito tempo visito seu blog…acho que vc ainda se lembra de mim, passei por aqui muitas vezes mas vc estava sumidinha né? então vc se mudou pra outra casa? olha gostei muito das fotinhas da casa nova simples e lindindinha tudo no seu lugar certinho!! Ha!! e agora quase choro com o clip que vc colocou aqui no blog amei o texto combinou certinho com a música, bom tenha um bom dia ! beijos com carinho VENHA ME VISITAR NO MEU CANTINHO TB.

    Curtir

  4. Olá Amigo(a)Venho passando pelo mundo da internet e encontrei seu Blog, agora quero te convidar a passar pelo meu Blog. Seu Blog está maravilhoso e muito legal… Como retribuição passe pelo meu e deixe seu recado e se você gostar do nosso espaço divulgue pra todos os seus amigos blogueiros… Nos adicione ao Favoritos e Tenha muitas bençãos em sua vida.Deixo esta mensagem em agradecimento a sua visita.A TartarugaEu percebia que aquilo aborrecia muito os meus pais, porém pouco me importava com isso. Desde que obtivesse o que queria, dava-me por satisfeito.Mas, está claro, se eu importunava e agredia as pessoas, estas passaram a tratar-me de igual maneira.Cresci um pouco e de certa feita me apercebi de que a situação era desconfortante e me preocupei sem, entretanto, saber como me modificar.O aprendizado me foi dado em um domingo em que fui, com meus pais e meus irmãos, passar o dia no campo. Corremos e brincamos muito até que, para descansar um pouco, dirigi-me para a margem do riacho que coleava entre um pequeno bosque e os campos. Ali encontrei uma coisa que parecia uma pedra capaz de andar. Era uma tartaruga. Examinei-a com cuidado e quando me aproximei mais o estranho animal encolheu-se e fechou-se dentro de sua casca. Foi o que bastou. Imediatamente pretendi que ela devia sair para fora e, tomando um pedaço de galho, comecei a cotucar os orifícios que haviam na carapaça. Mas os meus esforços resultavam vãos e eu estava ficando, como sempre, impaciente e irritado. Foi quando meu pai se aproximou de mim.Olhou por um instante o que eu estava fazendo e, em seguida, pondo-se de cócoras junto a mim, disse calmamente:- Meu filho, você está perdendo o seu tempo. Não vai conseguir nada, mesmo que fique um mês cotucando a tartaruga. Não é assim que se faz.Venha comigo e traga o bichinho.Acompanhei-o e ele se deteve perto na fogueira que havia aceso com gravetos do bosque. E me disse:- Coloque a tartaruga aqui, não muito perto do fogo. Escolha um lugar morno e agradável.Eu obedeci. Dentro de alguns minutos, sob a ação do leve calor, a tartaruga pôs a cabeça de fora e caminhou tranqüilamente em direção a mim. Fiquei muito satisfeito e meu pai tornou a se dirigir a mim, observando:- Filho, as pessoas podem ser comparadas às tartarugas, ao lidar com elas procure nunca empregar a força. 0 calor de um coração generoso pode, às vezes, levá-las a fazer exatamente o que queremos, sem que se aborreçam conosco e até, pelo contrário, com satisfação e espontaneidade.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s